Neste Artigo:

Para que as plantas e vegetais possam se desenvolver nas melhores condições, o solo requer alguns gestos de preparo e manutenção. A lavoura é uma delas, esta operação permite ventilar o solo e favorecer o florescimento das culturas.

Arando seu jardim: técnicas e processos

Arando seu jardim: técnicas e processos

Por que arar a terra?

A lavoura do jardim é um trabalho que consiste em devolver o chão para soltá-lo e preparar o solo para semear. O solo deve ser arado pelo menos uma vez por ano, preferencialmente no final do outono ou no início do inverno, antes de ser excessivamente úmido.

A aeração do solo ajuda a restaurar a vitalidade do solo enquanto estimula o desenvolvimento de microrganismos que conduzem ao florescimento das plantas. Durante a lavoura, o restante das lavouras anteriores é removido e as ervas daninhas também são removidas.

Em qualquer caso, a lavra não deve exceder uma profundidade entre 20 e 30 centímetros. Além disso, o solo precisa ser enriquecido com envasamento de solo e fertilizantes ou produtos de fertilização adaptados à sua natureza.

Como arar o jardim?

Antes de arar seu jardim, alguns gestos de preparação são necessários. Primeiro, deve-se tomar cuidado para se livrar de quaisquer ervas daninhas, madeira morta e galhos volumosos. Também é necessário fazer um espaço limpo removendo os vegetais restantes e quaisquer estacas. Em seguida, espalhe fertilizante natural, se possível (adubo, composto, esterco de urtiga, turfa...) e o solo que a terra precisa.

A lavra pode então começar. Você pode usar um garfo, uma pá, um garfo ou um pá automática. A cabeça da ferramenta é levada ao solo (não mais de 30 centímetros) antes de devolvê-la para dispersar a superfície do solo. É importante seguir meticulosamente fileira por fileira para arar completamente o jardim inteiro e não deixar nada ao acaso.

Este trabalho é bastante difícil, a lavoura manual é adequada para pequenas áreas (não excedendo 200 metros quadrados). Para um espaço maior, é melhor alugar um dispositivo específico como o leme.

Uma vez que o solo esteja bem preparado, uma etapa final de acabamento é necessária. É principalmente sobre quebrar os torrões usando uma ferramenta específica, como o ancinho ou a garra, sempre correndo suavemente para evitar atacar o solo. O jardineiro aproveitará a oportunidade para se livrar de grandes detritos e outras pedras problemáticas.


Instruções De Vídeo: Embrapa mostra como realizar um terraceamento, curva em nível