Neste Artigo:

Mais do que apenas uma moda, a jardinagem orgânica e, especialmente, o consumo resultante de frutas e vegetais, é hoje uma preocupação real para os indivíduos. O que é jardinagem orgânica? Como colocar isso em prática? Explicações.

Jardinagem orgânica

Jardinagem orgânica

Descrição e origem da jardinagem orgânica

A jardinagem orgânica é um conceito que existe desde o século passado, que se tornou muito popular desde os anos 2000, em particular devido à consciência e forte vontade dos consumidores comer produtos saudáveis.
Embora seja essencialmente conhecida como uma técnica de cultivo que não utiliza pesticidas e outros produtos químicos, a jardinagem orgânica vai muito além e é caracterizada como um método de jardinagem no qual cada gesto é pensado respeito pelo meio ambiente: escolha de plantas, rega, fertilização, luta contra invasores...

Bons atos na jardinagem orgânica

Há, portanto, um certo número de boas práticas jardinagem orgânica, que se aplica a todas as variedades, flores, árvores e arbustos, ou frutas e legumes.
Em relação ao escolha de espécies Em primeiro lugar, o jardineiro amador deve ter em conta o seu ambiente natural e selecione plantas adaptadas ao seu ambiente (preferencialmente variedades locais) em termos de condições climáticas (temperatura, vento e insolação) e natureza do solo.

O plantio é então feito tendo o cuidado de respeitar o ciclo de cada variedade, e sem a adição de fertilizantes artificiais. Na maioria das vezes, o jardineiro amador que quer fazer orgânico produz seu próprio adubo para enriquecer e fertilizar o solo. Para fazer isso, ele recupera resíduos verdes de seu jardim (folhas mortas e aparas de relva) e às vezes comida (borra de café). Caso contrário, ele recebe estrume.
Em termos de manutenção, a rega é um ponto no qual o jardineiro é sensível, especialmente para reduzir as quantidades consumidas. Ele usa água da chuva recuperada anteriormentee, de preferência, à noite, porque o solo mantém o frescor melhor e a água evapora com menos rapidez. Aplica também uma cobertura no pé das plantas, que também as protege do frio no inverno.

Além de regar, o jardineiro cuida, evitando ao mesmo tempo medir o uso de pesticidas para tratar doenças e evitar invasões. o joaninha permite, por exemplo, combater os pulgões (bem como o estrume de urtiga), e o ouriço contra lesmas.

Para o tamanho enfim, e em particular aquele das árvores e arbustos, o jardineiro, ou um profissional de acordo com a altura das espécies, opera um método chamado macio, adaptado à idade das plantas e respeitoso de seu porto natural.


Instruções De Vídeo: Jardinagem Orgânica