Neste Artigo:

Os medidores Linky devem substituir gradualmente todos os medidores convencionais antes de 2021 (mais de 35 milhões de metros na França).

Os novos medidores elétricos Linky

Os novos medidores elétricos Linky

Mas muitas questões surgem sobre o medidor Linky. Quais são as diferenças entre um medidor Linky e um medidor convencional? Por que você diz que Linky é um medidor inteligente? Qual é o seu funcionamento? Quais são os benefícios para o cliente? Ele emite ondas eletromagnéticas perigosas para a saúde? Todas as respostas são para ler abaixo...

Linky, um medidor de eletricidade inteligente

Os medidores convencionais são conectados diretamente à rede elétrica doméstica da casa. Sua função é medir a energia consumida, mas eles não comunicam os dados remotamente. Portanto, é necessário que um técnico se mova para fazer as leituras.

Com os novos medidores elétricos Linky, todos Os registros de consumo são feitos remotamente. Este "software de nova geração" envia e recebe dados de computador encriptados através do sistema ENEDIS (anteriormente designado por FEDER). O centro da Enedis coleta os dados enviados pela Linky e os comunica ao seu fornecedor de eletricidade, que será usado para estabeleça sua conta. O técnico não precisa mais se mover.

A instalação do medidor Linky é totalmente gratuita.

Como a história de Linky começou?

A aventura de Linky começa em 2013 com um convite à apresentação de propostas. O desafio da época era produzir três milhões de cópias no valor de 250 milhões de euros. Os primeiros medidores de eletricidade Linky serão operados pela Enedis.

O objetivo é gradualmente generalizar os medidores Linky a partir de 2015 com a ambição de substituir os 35 milhões de medidores elétricos antes de 2021.

As vantagens do medidor Linky?

Os dois principais benefícios para o cliente são economizar dinheiro e economizar tempo: a fatura será estabelecida em tempo real e não será mais uma estimativa. Intervenções também podem ser realizadas remotamente, como troca de energia, comissionamento do medidor, monitoramento pessoal de seu consumo, consultando o site... Os usuários poderão consultar seu consumo em tempo real via acesso personalizado e seguro ao site. Os dados serão atualizados diariamente.

Além do relatório de consumo remoto, o Linky também tem outra vantagem: antecipar picos de consumo de energia e evitar quedas de energia. A rede elétrica será capaz de antecipar melhor a demanda para otimizar a produção de eletricidade.

Controverso: vozes se opõem ao projeto Linky

É perigoso para sua saúde?
A privacidade é respeitada?
Quem pagará pela instalação?
Podemos recusar a instalação do Linky?

Todas essas questões são levantadas pela associação de consumidores UFC-Que Choisir e a CNIL (Comissão Nacional de Informática e Liberdades). Vamos falar sobre cada ponto.

As informações abaixo foram recuperadas do site ENEDIS referente aos medidores Linky.

  • Respeito pela privacidade

Para preservar a privacidade, o armazenamento de dados será salvo no balcão. Os dados só podem ser transferidos para o sistema de informação da Enedis ou de terceiros com o consentimento do cliente.

  • Qual o impacto na conta?

A fase inicial de fabricação dos novos medidores elétricos Linky representará um investimento muito pesado para a Enedis, estimado entre 5 e 7 bilhões de euros. A Enedis se comprometeu a financiar essa transação com seus próprios recursos, sem qualquer repercussão na fatura do cliente.

  • Linky é perigoso para sua saúde?

O Linky está conectado à Internet, não ao wi-fi, mas através de um sistema de linha de energia (CPL) on-line nos fios elétricos da casa. Se não houver transmissor wi-fi, pode haver radiação eletromagnética muito fraca nos cabos.

A Agência Nacional de Frequência (ANFR) realizou avaliações: o campo magnético é 800 vezes menor que um secador de cabelos e 150 vezes menor que um bulbo de baixo consumo energético.

  • Podemos recusar a instalação de um medidor Linky?

Oitenta cidades se opuseram à instalação de medidores elétricos Linky, com a ajuda das associações Robin Hood e Priartem. Mas cuidado, não é tão simples porque o FEDER poderá cortar a eletricidade em caso de recusa do medidor Linky.


Instruções De Vídeo: Qual medidor gasta mais energia - ANALÓGICO OU DIGITAL