Neste Artigo:

Seu bonito gramado verde na primavera se torna cada vez mais marrom à medida que o verão avança. E não uma nuvem de chuva no horizonte... O que fazer? Comece a dança da chuva? Água? Sim, mas neste momento o seu município impôs restrições à rega do jardim. Não entre em pânico! Os problemas de seca do seu gramado podem ser arranjados...

Problema de gramado e seca

Problema de gramado e seca

Quando o gramado vai dormente

É perfeitamente normal que seu gramado fica marrom quando fica sem água. Esta é a sua maneira de resistir ao estresse da seca. Na verdade, ela fica dormente. Assim como acontece no inverno, ele pára de crescer momentaneamente. Mas se as folhas secarem e parecerem mortas, os pescoços ainda estão vivos.
O colar é a parte de uma planta localizada entre os caules e as raízes. Enquanto o colar estiver vivo, uma grama pode se regenerar. E para o seu gramado, será o suficiente para que o colar seja regado novamente para que, como a Bela Adormecida, seu gramado desperte e reviva! Ele vai precisar dez dias para recuperar sua força.

Mas tenha cuidado, um gramado pode permanecer inativo devido à seca por cerca de 6 semanas. Além disso, ela se arrisca a morrer.
Durante o período de dormência, evite atropelar seu gramado. E não o corte. Está enfraquecido e você deve tratá-lo gentilmente.
O outro risco dessa situação é ver o crescimento de ervas daninhas (ervas daninhas) sempre mais vigorosas do que a grama no lugar. Se houver muitos, considere capinar o seu gramado.

Rega na seca

Se você tiver a oportunidade de molhar seu gramado, faça-o com sabedoria. Uma vez por semana e para que a água penetre profundamente no solo (10 a 15 cm). Isso incentivará a grama a desenvolver raízes longas que serão mais capazes de resistir a novos períodos secos.
Água lentamente e na forma de gotas finas em vez de correntes poderosas que fluem sem entrar no solo (especialmente se o solo for de barro).
Não regue no meio do dia. Até 75% da água irá evaporar antes mesmo de tocar o solo. O ideal é regar no início da manhã ou no início da noite. A vantagem da manhã é permitir que as folhas sequem antes de escurecer e assim reduzir o risco de doenças fúngicas.

Escolha um gramado resistente à seca

Não pense que grama é alguma grama. Há grama e grama! Se você mora em uma área propensa a secas ou se seu solo está seco, escolha um gramado adequado.
Diferentes gramíneas são muito resistentes à seca:

  • Festas (Festuca de ovelhas, vermelha ou dura): Crescem lentamente, mas requerem pouca água e são resistentes ao pisoteio.
  • O cynodon dactilon mais conhecido como quackgrass: cresce em todos os lugares como o dente de cachorro que é! Mesmo onde os outros não crescem... Entre as nossas espécies nativas, é a que melhor resiste à seca.
  • Kikuyu (Pennisetum clandestinum): Nativo das terras altas da África Oriental, é muito resistente ao calor e à seca. Requer muito pouca rega. Por outro lado, ele não gosta do frio e não resiste à geada.

Na jardinagem você vai encontrar diferentes misturas de sementes resistentes à seca e pedindo pouca rega. Lembre-se também de considerar a natureza do seu solo antes de fazer sua escolha.

Seu gramado é marrom? Gostam de americanos pinte de verde! A ideia veio da Califórnia, afetada por vários verões de seca. Mas lá, ter um gramado verde é quase um sinal de civilidade. Várias empresas tiveram a ideia de pintar com tinta nos gramados. A recuperação leva cerca de 5 meses até as chuvas de outono que permitem que a grama reviva. Tinta de gramado é usada em casa, mas também em campos de golfe ou futebol. Ela chegou a ser empregada no Brasil em alguns campos de futebol da Copa do Mundo.


Instruções De Vídeo: COMO RECUPERAR GRAMADO COM FALHAS NA GRAMA #SítioGilSat