Neste Artigo:

Investir em imóveis para locação significa comprar imóveis para alugá-los. Um investimento que permite ao seu iniciador construir uma riqueza enquanto desfruta de renda adicional. Podemos embarcar em tal projeto sem entrada? A resposta aqui

Podemos investir em imóveis para locação sem contribuição pessoal?

A resposta é sim. Como lembrete: a contribuição pessoal é a capacidade, ou não, de um comprador para financiar seu projeto imobiliário em liquidez. O projeto imobiliário é financiado por um credor, geralmente um banco. Investir em imóveis alugados sem entrada é, naturalmente, possível.
Por quê?
Principalmente por duas razões: o reembolso de pagamentos mensais por aluguéis, considerados como garantia pelo credor, e pelo aspecto fiscal vantajoso.

  • Uma organização de crédito, por definição, empresta uma quantia em dinheiro que será paga mensalmente. O mutuário paga a cada mês juros ou parte do capital emprestado. Isso é chamado de pagamentos mensais.

No contexto de um investimento em imóveis para locação, estes pagamentos mensais são a maior parte do tempo reembolsado pelos aluguéis cobrados a cada mês com o aluguel do imóvel. Daí a facilidade de conceder crédito a 100% dos credores que vêem as rendas como garantia real de devolução do dinheiro.

  • Por outro lado, o investimento de locação permite benefícios fiscais. Um aluguer novo ou mobilado permite ao investidor, através de vários dispositivos do governo, beneficiar de uma isenção fiscal, uma diminuição da sua base fiscal. Uma vantagem fiscal que aumenta a capacidade de endividamento dos mutuários.

Prepare seu pedido de crédito

Beneficie de 100% ou até 110% de crédito é possível. Dito isto, para tirar proveito disso, o mutuário deve apresentar ao credor um projeto sólido, concreto e acima de tudo bem preparado. O que isso significa?

  • Recomenda-se que o credor forneça um plano de financiamento preliminar. O plano de financiamento revela, por um lado, o rendimento recebido como resultado do investimento e as despesas e despesas do outro. Em outras palavras, destaca a taxa de retorno sobre o investimento em imóveis alugados (o que realmente está relacionado ao investidor). Quanto mais detalhado e claro for um projeto, maior a probabilidade de o credor emprestar o dinheiro necessário para o investimento.
  • Outro ponto importante:propriedade. Investir em imóveis alugados paga quando a propriedade em questão é facilmente alugada. Caso contrário, o investimento não é viável. Razão pela qual a localização e a qualidade da propriedade são importantes na tomada de decisão do credor.

Saiba mais sobre empréstimos imobiliários e oportunidades de financiamento.


Instruções De Vídeo: Como Se Aposentar Mais Cedo Seguindo Essa Planilha Poderosa - Investidor de Sucesso