Neste Artigo:

O consumo de energia é um orçamento cada vez mais importante para as famílias, pois o preço da eletricidade aumenta cada ano um pouco mais. Aqui estão algumas dicas para reduzir, às vezes significativamente, sua fatura de eletricidade.

Evite perdas térmicas

Para evitar perdas de calor, você deve primeiro isolar sua casa e, especialmente, o telhado que pode deixar até 30% do calor. Também é necessário certificar-se da boa vedação das janelas.

Ao nível das acções diárias, lembre-se de desligar os radiadores quando abrir as janelas, fechar persianas e cortinas à noite, no inverno. Você também pode instalar um termostato programável que permite aquecer algumas salas, como a cozinha ou a sala de estar durante o dia, mas não os quartos e, inversamente, à noite.

Moderar seu consumo de água quente

A água quente é uma das principais fontes de gasto energético. Algumas coisas simples podem poupar dinheiro.

Primeiro, prefira chuveiros para banhos. De fato, um banho de quatro a cinco minutos consome entre 30 e 80 litros de água e custa cerca de 0,10 euros em eletricidade. Um banho consome 150 a 200 litros de água, ou 0,25 euros. Instale também economizadores para suas torneiras.

Consumir no máximo fora do horário de pico

Alguns contratos do EDF especificam dois horários em cada dia: horário de pico e horário fora de pico.

Consumir fora do horário de pico possibilita o pagamento de eletricidade a uma taxa reduzida. Por exemplo, opere sua lavadora de louças ou lavadora de roupas nessas horas de pico.

Otimize o uso da geladeira e freezer

A geladeira e o freezer são grandes consumidores de energia porque trabalham 24 horas por dia. Para limitar seu consumo, é melhor colocá-los em um local fresco e ventilado, longe das fontes de calor, por exemplo, um forno. Você também deve evitar abri-los muitas vezes desnecessariamente ou colocar alimentos quentes neles.

Evite deixar dispositivos em espera

Quando dispositivos Hi-Fi (televisão, DVD player, computador, canal...) estão em espera, eles continuam a consumir eletricidade. O mesmo é verdadeiro para dispositivos com um transformador, como carregadores de telefone. Portanto, lembre-se de desconectar os cabos quando não usá-los e desligar os dispositivos Hi-Fi, equipando-os, se necessário, com uma régua de energia com interruptor.

Use lâmpadas de baixa energia

Lâmpadas de baixa energia, as únicas no mercado hoje, consomem 75% menos energia e duram 5 a 10 vezes mais do que as lâmpadas normais.

Opte por fontes de energia renováveis

As energias renováveis, embora ainda não generalizadas, tendem a se desenvolver. Portanto, é bem possível criar sua própria energia graças a painéis fotovoltaicos ou mini turbinas eólicas. Este é um investimento significativo, mas a energia produzida pode ser vendida de volta à EDF.


Instruções De Vídeo: COMO REDUZIR 50 % DO VALOR DA SUA CONTA DE LUZ 2018