Neste Artigo:

Insetos xilófagos, caruncho são de vários tipos: as pequenas vrillettes, as grandes vrillettes, as vrillettes das bibliotecas. Todos têm em comum, como larvas, perfurar a madeira para se alimentar deles e formar galerias. As consequências são terríveis para mobiliário, o objetos de arte, o estruturas e até livros! É, portanto, essencial evitar que invadam as casas ou consigam eliminá-las definitivamente em caso de infestação declarada.

Buracos cavados na madeira por vrillettes.

A presença de vrillettes na madeira é reconhecível pelos buracos que eles fazem, tão regulares quanto aqueles feitos com uma gavinha.

Como lutar eficazmente contra vrillettes?

Os métodos de prevenção e eliminação de vrillettes são semelhantes de uma espécie para outra.


Identifique a presença de vrillettes

As vrillettes cavam a madeira, mas não ficam lá permanentemente para morar lá. Para saber se a sua casa é invadida por vrillettes, seja qual for o seu tipo, é aconselhável prestar atenção a diferentes pontos.

  • Examine o estruturas de madeira da casa bem como objetos de madeira: móveis de madeira (especialmente os antigos), marcenaria de peças, obras de arte feitas de madeira... Se notarmos pequenos buracospode ser uma indicação de presença. Pinças de biblioteca também tendem a papéis, cartões, manuscritos, pergaminhos.
  • Monitorar o desenvolvimento de cogumelos em recessos molhados: o grande pica-pau está próximo a fungos que podem se desenvolver em estruturas e pisos mal ventilados ou mal impermeáveis, peças de madeira não permeáveis, vigas acima de salas úmidas...
  • Spot the tipo de madeira: o espécies coníferas e de folhas largas atrair mais vrillettes do que espécies exóticas.


Métodos para eliminar vrillettes

Os métodos curativos contra vrillettes são essencialmente os mesmos de uma espécie para outra. Só precisa de ser adaptado ao tipo de suporte a ser tratado e ao nível de infestação.

Trate os objetos e móveis afetados pelas vrillettes

    • Jogue-os em um recipiente hermético se não forem objetos de valor.
    • Se o objeto estiver ligeiramente infestado: tira e depois tratar com inseticida residual.
    • Se a infestação é importante, 2 soluções são possíveis:
      • o fumigação (gás difuso para eliminar insetos),
      • oanoxia (objeto fechado em uma capa impermeável, então extração completa de ar para remover oxigênio e matar pragas).

Trate pisos e quadros infestados

    • Em caso de infestação fracaUm inseticida residual aplicado anualmente por um período mínimo de 3 anos é suficiente.
    • Em caso de infestação generalizada:
      • mudar a madeira e ventilar a área em causa;
      • depois chame um especialista para seguir o seguinte procedimento:
        • exame
        • bûchage,
        • escovar e espanar,
        • tratamento profundo,
        • limpeza e eliminação de resíduos,
        • aplicação superficial.

Recomenda-se, especialmente para fumigação, anoxia e tratamento extensivo de um piso ou estrutura, convocar uma empresa de desinsectização, que será capaz de usar o bom material e tornar o procedimento seguro.


Medidas preventivas contra o absinto

Algumas ações simples impedem a chegada e o desenvolvimento de vrillettes nas residências.

  • Para controlar a umidade na casa: o ideal é que não exceda 20 \%.
  • Evite a penetração de umidade (vazamento, danos causados ​​pela água, problema no encanamento...) e qualquer desenvolvimento de cogumelosmolde
  • Limite a temperatura durante a temporada de inverno: não superaqueça o seu interior.
  • Verifique regularmente a condição de todos os elementos de madeira provavelmente infestada: suas estruturas de madeira (estrutura, piso), seus objetos e móveis de madeira, seus livros e bibliotecas. Ao menor sinal, leve o assunto a sério e não demore o processamento.

Para mais informações, consulte o arquivo: "Prevenção e tratamentos naturais contra insetos da casa".

O vrillette e seu modo de operação

O vrillette é um verdadeiro flagelo para madeiras de todos os tipos de casas. Ela cava inúmeras galerias nas estruturas onde ela se instala, causando muitos danos no caminho.


Apresentação geral

Nós chamamos "vrillettes" vários tipos de pequenos besouros cujo ponto comum é devastar a madeira. De fato, suas larvas se alimentam para se desenvolver. Para isso, eles "perfuram" a madeira, como se faria com um pequeno giro, daí o nome "vrillette". Embora variadas, as espécies de vrillettes possuem especificidades comuns:

  • larvas amareladas e peludas, medindo entre 5 e 10 mm,
  • adultos pardos, mais ou menos escuros, cobertos com carapaças, medindo entre 2 e 8 mm e possuindo mandíbulas.


Os 3 tipos de vrillettes xilófagos

Existem 3 tipos de vrillettes xilófagos entre os mais comuns:

  • o vrillette pequeno,
  • o krillette grande,
  • o vrillette des bibliothèques.

Conhecer : existe um 4e tipo de vrillette, chamado "pão vrillette", que não é xilófago, mas se alimenta de restos de comida em residências.


Ciclo de vida e comportamento de vrillettes

Se encontrado na natureza, o vrillette, seja qual for o tipo, é atraído para o habitações humanas por causa doumidade, de calor. A fêmea é introduzida por suas asas e põe seus ovos na madeira no verão. Posteriormente, se as condições forem adequadas e dependendo da espécie, as larvas desses ovos podem entre 9 meses e 10 anos para crescer até o estágio adulto. É durante este processo muito longo que o danos em quadros, vigas, móveis de madeira (principalmente velhos), rodapés... onde perfura muitas galerias que enfraquecem essas estruturas.

Ao contrário dos capricornianos, as larvas de absinto não vivem permanentemente na madeira que colonizam, mas atravessam-na, criando furos muito característicos. Uma vez que um adulto, o absinto sai da madeira e não vive mais do que 4 semanas, hora de reproduzir.

Notar: Vários tipos de vrillettes podem coexistir na mesma zona.

As especificidades de cada tipo de vrillette

Tipos de madeiras atacadas, condições ambientais favoráveis ​​ao seu desenvolvimento... existem especificidades específicas para cada espécie de vrillette xilófago. Aprender a distingui-los torna possível direcionar as ações a serem implementadas para se livrar delas.


O pequeno vrillette

Presente principalmente nas regiões do oeste e sudoeste da França por causa da alta umidade, o pequeno vrillette aprecia o espécies coníferas e de folhas largas. Outra peculiaridade desta vrillette: só ataca a mata presença de cogumelos. É por isso que os móveis e estruturas de madeira velho casas são seus playgrounds favoritos: pequenos pedaços de madeira molhada, móveis antigos, obras de arte...


O grande vrillette

O grande absinto é encontrado em toda a Europa, mas especialmente na Inglaterra e na Holanda. Sua madeira favorita é a de carvalho velhoe favorece grandes estruturas como carpintaria e pisos. O grande absinto ataca os bosques que carregam tanto o fungo que produz a podridão cúbica como o que cria a podridão fibrosa. Este é novamente o calor eumidade condições excessivas que condicionam seu bom desenvolvimento. No entanto, nas habituais condições habitacionais modernas, é muito raro encontrá-lo.


A biblioteca vrillette

A biblioteca vrillette, como o nome sugere, é o lar de livros, manuscritos e pergaminhosporque ela ama papel. Ela é capaz de cavar galerias de 1 a 3 mm de diâmetro e pode devorar um manuscrito inteiro em pouco tempo. Portanto, é aconselhável, se alguém possuir uma coleção antiga de livros, inspecioná-los com muita regularidade e armazená-los cuidadosamente em áreas não úmidas e superaquecidas.

Que incômodos para os seres humanos e seu habitat?

Seja pequeno, grande ou bibliotecas, o vrillette não ataca diretamente o homem, mas seu habitat. E ela é capaz de pôr em perigo a solidez do mesmo, atuando ao longo de vários anos. Colapso dos quadros, destruição de objetos de madeira de valor, móveis antigos... são todas as catástrofes atribuíveis a este pequeno inseto xilófago. A vigilância é, portanto, apropriada, especialmente porque é muito fácil identificar sua presença.


Instruções De Vídeo: Como tratar vigas de madera contra la carcoma y xilofagos.