Neste Artigo:

Já no final do século 19, a furadeira elétrica foi rapidamente adotada por profissionais e do-it-yourselfers. Se a primeira patente (ferramenta de arame) remonta a 1889, é em 1895 que a empresa alemã Fein deposita a patente da furadeira elétrica. Esta ferramenta consiste em um motor elétrico cujo eixo é equipado com uma furadeira colocada em sua extremidade.

História da broca de percussão

Com a chegada do concreto armado, a rotação simples não é suficiente para fazer furos profundos. Em 1935, a empresa americana Milwaukee desenvolveu o primeiro sistema de percussão. Combinado com a rotação, a ação de duas rodas de engrenagem adiciona uma vibração que garante melhor eficiência de perfuração, removendo a poeira mais rapidamente. Este sistema de perfuração de percussão (hammer-drill em inglês) ainda é usado hoje.
Em 1967, a empresa Hilti desenvolveu o primeiro perfurador, o Torna 765. Graças ao seu sistema simples de deslizamento e pistão, permite combinar rotação, vibração e percussão. Muito rapidamente, o modelo mais manejável da TE 17, desenvolvido pelo mesmo fabricante, é amplamente distribuído. Há dez anos, apenas a Hilti oferece este tipo de ferramenta. Então a patente é adquirida por todos os principais fabricantes do setor.
Em 1975, a Hilti e a Bosch combinaram o seu know-how para imaginar o sistema SDS (abreviação de "Special Direct System"). Esse conceito de fixação permite a troca de ferramentas sem ferramentas e otimiza o desempenho da máquina, facilitando a ação de punção tripla. Ele também tem melhorado regularmente desde sua invenção.

A primeira furadeira elétrica FEIN

A primeira furadeira elétrica pesava 7,5 kg.

Broca vintage _ HILTI

É nos Estados Unidos que o design da broca, inspirado na arma, nasce.


Instruções De Vídeo: Broca Diagnóstico e tratamento.