Neste Artigo:

Nenhuma decisão relativa a uma copropriedade pode ser tomada sem convocação e discussão em uma assembléia geral, ordinária ou extraordinária. Volte aqui no caso de convocar uma Assembléia Geral Extraordinária, também chamada AGE.

Lembrete: funcionamento da assembleia geral extraordinária

Ao contrário da Assembléia Geral ordinária, que é realizada apenas uma vez por ano, é possível realizar uma Assembléia Geral Extraordinária mais de uma vez, a qualquer momento. A AGE é convocada em caso de emergência ou em caso de grande preocupação que afeta a copropriedade.

A AGE deve ser convocada a pedido de uma das partes interessadas, ou seja, a pedido de um ou mais co-proprietários cujos votos representem mais de um quarto do total, a pedido do sindicato ou conselho união. Normalmente, o pedido de convocação deve ser enviado 21 dias antes da data da reunião, exceto em caso de urgência, para o qual esse período pode ser encurtado.

Em quais casos chamar um GA extraordinário?

O fiduciário, o conselho sindical, um ou mais coproprietários podem convocar uma AGE nos seguintes casos:

  • se o sindicato ou um dos coproprietários desejar reunir e consultar toda a propriedade conjunta. Pode ser um coproprietário que precisa do acordo dos outros membros da copropriedade para iniciar trabalhos ou comprar uma peça comum, por exemplo
  • em caso de deterioração da co-propriedade ou áreas comuns devido a intempéries, desastres naturais ou desastre tecnológico
  • em caso de problemas sobre o funcionamento de uma das partes comuns
  • em caso de trabalho urgente para executar, se é manutenção ou trabalho de renovação

Votos e tomada de decisão no GA extraordinário

No caso de uma Assembléia Geral Extraordinária, a votação e o processo de tomada de decisão ocorrem da mesma forma que em uma Assembléia Geral Ordinária. Em outras palavras, a extensão do trabalho a ser feito ou a decisão a ser tomada condicionará o processo de votação:

  • uma decisão deve ser tomada por maioria simples, ou seja, um número de votos "para" maior do que um número de votos "contra" para decisões relacionadas com a manutenção ou trabalho menor
  • por maioria absoluta, mais da metade dos coproprietários, por trabalhos que afetam os elementos comuns ou obras que causam uma modificação
  • por maioria dupla, mais de dois terços dos votos, para trabalhos ou decisões que resultam em uma modificação do estatuto da co-propriedade
  • por unanimidade, ou seja, todos os votos, para uma decisão considerada fundamental para o edifício


Instruções De Vídeo: Aniversário da Presidenta ou Presidente? Professor Pasquale explica