Neste Artigo:

A caldeira de água ou caldeira de condensação é um modelo particularmente moderno. Além de ser eficiente, esta caldeira reduz o consumo de energia graças ao excelente desempenho. Visão geral da operação e benefícios da caldeira de água

Uma caldeira ECO

O termo "água da caldeira" é o nome que também é dado à caldeira de condensação. Esta facilidade é apreciada pelo seu desempenho, que é significativamente maior em comparação com modelos de caldeiras convencionais (cerca de 20% a mais).

É interessante notar que a instalação de uma caldeira de água torna possível beneficiar de um crédito fiscal de 30% sobre o preço de compra. Atenção, para ter direito a este prêmio, a instalação da caldeira deve ser suportada por um profissional licenciado.

Do lado do preço, uma caldeira de condensação custa entre 3.000 e 5.000 euros, excluindo os custos de instalação.

A caldeira de água: funcionando

O sistema da caldeira a gás é baseado na exploração do calor liberado pelo vapor de água. O trocador-condensador é então o coração do dispositivo. Este elemento torna possível transformar o vapor na forma de água antes de difundi-lo por toda a casa. Durante o processo de condensação, vapor de água difunde energia. Essa energia alimenta o trocador de calor antes de se espalhar na água de retorno que alimentará o aquecimento e a produção de água quente doméstica.

É importante enfatizar que o circuito de aquecimento de uma caldeira de água deve imperativamente estar sob pressão. Além disso, além das caldeiras a gás mais comumente encontradas, também é possível que a instalação opere graças à energia solar. É um equipamento que pode ser associado a radiadores com inércia ou com piso aquecido.

A mais recente adição à gama: a caldeira de micro-cogeração

Econômico e eficiente, o sistema micro-CHP produz aquecimento, mas também eletricidade.

Como manter a caldeira de condensação?

A manutenção da caldeira de condensação é essencial para garantir o seu bom funcionamento, mas também para prolongar a sua longevidade. Especialmente desde que o seu funcionamento é bastante delicado e frágil.

Recomenda-se verificar regularmente se o equipamento está funcionando bem. Em particular, devemos estar particularmente vigilantes em relação a depósitos de calcário e fique atento a eventos incomuns (vazamento, pane, ruído...). Os dois pontos a serem verificados regularmente são a repressurização e a purga do circuito. Em caso de preocupação, é aconselhável entrar em contato sem demora com um especialista em aquecimento especializado.


Instruções De Vídeo: Alimentação e Tratamento de água para caldeiras - UNIOESTE